TANNAT 2016


Vinho elaborado com uvas colhidas manualmente, com seleção dos melhores cachos, conduzido em espaldeira simples, fermentado e maturado em tanques de aço inox, com passagem em barricas de carvalho francês de média tostagem.

 Servir entre 16º e 18ºC
 Teor alcoólico: 12,5%
 Lote de 4.000 garrafas

Nota de degustação:

Este vinho possui coloração intensa e brilhante com aroma equilibrado de frutas roxas com intensidade de especiarias com um leve tostado. Em boca possui boa estrutura de taninos maduros, firmes e finos, proporcionando um final longo e persistente.

Premiações Tannat Batalha 2012:

Recebeu a comenda, 85 pontos na grande prova de vinhos do Brasil 2015, realizada pela Baco Multimídia, maior referencia mundial no setor que utiliza critérios internacionais na avaliação.

Avaliado como um dos melhores tintos nacionais por dois anos consecutivos (2015 e 2016) por Jorge Lucki, um dos maiores conhecedores de vinhos do País e colunista do jornal Valor Econômico.



TANNAT 2015


Vinho elaborado com uvas colhidas manualmente, com seleção dos melhores cachos, fermentado e maturado em tanques de aço inox, com passagem em barricas de carvalho francês de média tostagem. Aromas nítidos a especiarias, frutas roxas e leve nota de cacau. Em boca, vinho de boa estrutura e volume, possui taninos firmes e finos, de final longo e persistente.

 Servir entre 16º e 18ºC
 Teor alcoólico: 12,5%
 Lote de 4.000 garrafas



TANNAT 2012


Vinho elaborado com 15% Merlot e 85% Tannat com seleção manual de cachos, passagem por barricas de carvalho francês e conduzido em espaldeira simples. Vinho vermelho violáceo com aromas intensons e vinosos com notas de especiarias penetrantes. Sabor longo, aveludado com taninos doces e macios.

 Servir entre 16º e 17ºC
 Teor alcoólico: 13,5%
 Lote de 4.000 garrafas

Recebeu a comenda, 85 pontos na grande prova de vinhos do Brasil 2015, realizada pela Baco Multimídia, maior referencia mundial no setor que utiliza critérios internacionais na avaliação.

Avaliado como um dos melhores tintos nacionais por dois anos consecutivos (2015 e 2016) por Jorge Lucki, um dos maiores conhecedores de vinhos do País e colunista do jornal Valor Econômico.